quarta-feira, dezembro 12, 2007

magical pieces 23

:::::
a última vez que me lembro andar de autocarro foi há cerca de 3 anos quando estive em Londres e me dirigia a Stratford-upon-Avon... Acho que nunca seria capaz de conduzir do lado esquerdo da estrada mas isso é outra história... na 2ª-feira passada, o meu carro estava no mecânico e como só confio neste, tive que fazer uma viagem de 28km... claro que não a pé mas de autocarro!
primeiro cheguei 20 minutos antes da hora- nunca se sabe se o autocarro quisesse partir antes da hora... mas partiu 10’ depois... por isso esperei 30 minutos! Depois muitos carros ultrapassavam o carro tal como eu faço e desejei que ele andasse um pouco mais depressa também... mas apercebi-me que andar de autocarro tinha algumas vantagens:
-não desperdicei energia a prestar muita atenção enquanto conduzia (existem muitos condutores loucos por aí);
-podia focar noutras coisas tipo ler ou fazer trabalhos manuais mas prestei atenção à paisagem e vi coisas extraordinárias:estar sentada mais alta do que a nível do solo (mais conhecida por carros) é espectacular!
-desejei que pudesse ser levada para o trabalho todos os dias...
esta pequena viagem estava a ser tão boa que quase me esqueci que enjoo quando estou num autocarro e confiem em mim, assim que as portas se abriram e eu saí, a minha cara ganhou alguma cor e eu desejei o meu carro de volta...

:::::

the last time I remember riding a bus was about 3 years ago when I was in London and was heading to Stratford-upon-Avon… I don’t think I would ever be able driving on the left side of the road but that’s another story… last Monday, my car was at the mechanic and because I only trust this one, I had to make a 28km trip… not on foot, of course, but by bus!
First, I arrived 20 minutes before the schedule- never know if the bus wanted to leave earlier… but it left 10’ after schedule… so I waited 30 minutes! Then, many cars were overtaking the bus just like I usually do and I wished the bus drove a bit faster too… but I realised that being on a bus had some advantages:
-didn’t waste energy on paying a lot of attention while driving (there are a lot of crazy drivers out there);
-could focus on other things like reading or probably crafting but paid attention to the landscape and I saw amazing stuff: sitting higher than ground level (aka cars) is cool! -I wished I could be driven to work everyday…
this little ride was so great that I almost forgot that I get sick when I’m in a bus and trust me as soon as the door opened and I stepped off, my cheeks regained some colours and I wanted my car back…
:::::
Enviar um comentário